segunda-feira, 29 de março de 2010

Eu podia tá matando, eu podia tá roubando...

Mas não, eu tô comendo.



A pessoa (eu) engordou 20 kilos na gravidez, sabe lá o que são 20 kilos?! Pois eu sei!
1- Um nariz e-nor-me!
2- Uma perna In-cha-da!
3- Um peito que parece que tem 500ml de silicone!
4- Uma barriga que... bem... absurdamente grande!
Aí a pessoa (eu) ficou 4 meses tentando voltar ao que era antes, que não era lá grandes coisas, mas satisfazia.
4 meses de tortura gastronômica. No sal, No óleo, No acúçar, No vida.
Beleza, consegui! Todo mundo elogiando e eu me sentindo The Next Miss Brasil!
E agora cá estou eu de novo, 3 kilos ganhos com a comilança de fim de ano que não me abandonam nem com reza brava, aliás rezar é a unica coisa que eu tenho feito porque dieta que é bom necas!
Minha mãe é baiana. Cresci comendo acarajé no café da manhã (mentira, mas quase.)
Comida lá em casa era tratada como mais um integrante da família.
Qualquer ocasião tava lá. Panelas e mais panelas de comida. Tudo trabalhado no molhinho, no caldinho, no creminho, coisa linda de se ver.
Minha mãe, cozinheira de corpo inteiro cheio, só se sente realizada quando a gente repete uma vez, pelo menos.
O fato é que eu peguei um carinho pela comida.
O mal é que tudo o que é muito saudável já considero meio ruim. Gosto de coisa gostosa, ao creme, recheada, à milanesa, gratinado, com catupiry, morro por um chocolate!
O dia ou a semana foi ruim? Maridão me agrada trazendo um chocolate. Aí ele liga e me pergunta: - Mô, quer de qual? E eu: -Do grande!
Precisa me subornar? Não use dinheiro, com dinheiro eu sou insubornável. Já com chocolate... tenho cá minhas dúvidas
Festinha de aniversário é o céu: Tudo inho. Salgadinho. Docinho. bolinho. ui.
O pior (ou melhor, hehehe) é que eu casei com um príncipe comilão e-xa-ta-men-te igual a mim! Adora comida!
Minha pior visão do futuro é os dois juntos, gordões sem poder dar nem um abraço porque a barriga não deixa! ô Jesus! Ninguém merece! rs!
Aí eu fico assim, comendo horrores, mas de vez em quando tenho um particular com a balança. Porque né, viver sem comidinha gostosa é o fim do prazer de viver!
Quer emagrecer? A dica é a seguinte:
-Botou na boca? Tá gostoso? Cospe fora que engorda!

Nenhum comentário:

 
Web Statistics