quarta-feira, 17 de março de 2010

A Universidade Mal Assombrada

Uá- Há - Há - Há - Há - Há



Decidi que estou pronta para terminar o meu amado curso de História, aqule que não me deixará rica, porém me deixará pessoa interessante, conhecedora, sabidona, "disquerda", e feliz.
Primeiro passo: Ir até a Uerj fazer alteraçãoes nas disciplinas, perguntar se a matrícula se destranca sozinha, e é bem verdade, para me refamiliarizar com o ambiente que até um ano e meio atrás era quase o meu lar doce lar.

Eu moro praticamente ao lado da faculdade, mas durante todo esse tempo sempre evitei passar na mesma calçada que a dela. Medo de não conseguir voltar pra terminar? Frustração por ter interrompido o curso? Angustia por achar que a volta não será boa? Pavor da Monografia? Sim. Sim. Sim. e sim.
Mas semana passada eu passei por cima de tudo isso e adentrei naquele recinto da sapiência. Sensações de arrepio me percorreram o corpo inteiro. Parecia tudo tão mais frio, escuro, triste...

Fui rapidamente procurar pela tia do cachorro quente do térreo. Mas ela não estava lá.
Como uma louca fui atrás do Fernando da biblioteca, com aquele sorriso bonachão que me levaria de volta à feliz realidade, mas ele não estava lá. Peoooooor! quem estava lá era a maquiavélica-tia-da-biblioteca-que-dava-suspensão-se-entregasse-o-livro-fora-da-data.

E as pessoas pelo corredor? quem eram aquelas pessoas? Porque a impressão que dá quando a gente tá estudando é que a gente conhece todos os alunos de todos os cursos do nosso andar pelo menos. São sempre as mesmas carinhas nos intervalos das aulas.
Mas agora não. Ninguém pra eu sorrir, pra sorrir de volta pra mim...

E antes que me tornasse a proxima lenda viva da Uerj: A louca que sorri pras pessoas desconhecidas, eu tratei de me encaminhar pra secretaria onde aí sim, encontrei carinhas familiares, mas essas carinhas familiares não estavam sorridentes, afinal já eram mais de oito da noite, na época do SAID, que é quando eles trabalham pra caramba. Compreensível.

Senti falta dos amigos de outrora(adoro essa palavra), senti falta dos salgadinhos gordurosos da Margareth (que um dia já havia sido a Margareth da Xerox), senti falta da correria que era sair do trabalho e chegar a tempo da primeira aula (aquela em que mesmo que eu chegasse a tempo eu não assistia, afinal estava muito cansada ora, bolas!), só não senti falta do meu namoradinho que estuda na mesma sala, porque este continua sendo meu namoradinho, mas que agora assiste televisão na mesma sala! rs!

Fiz o que tinha que fazer e sai de lá, cabisbaixa, chutando pedrinhas pelo chão, tentando adivinhar como será este remomeço, torcendo pra que ele não seja tão difícil.

Update: Ainda bem que eu não precisarei passar muito tempo lá dentro, já que só me resta a Mono, que eu vou terminar de escrever no recanto do meu lar e a Prática de Ensino II no Colégio de Aplicação, Ufa!

10 comentários:

Índia disse...

Passei por lá ontem, mas como o Fernando estava por lá, foi bem agradável. Mas no outro dia em que ele não estava... céus! Como aquele lugar é sinistro! Então, amiga Lú, prometo que, sempre que possível, passarei por aqueles corredores pra vc ter a quem sorrir e receber um sorriso de volta. :)
Bjus.

Luciana Matos disse...

Ai amiga, vai ser um alento!
beijo!

Cíntia Cruz disse...

Lu, tô me desfazendo de rir. Sozinha, na redação, eu e os brothers dorminhocos.rsrs
Nada melhor para começar o dia do que ler suas crônicas.
Parabéns, amiga!
Bjuuuu!!!

Luciana Matos disse...

A coisa mais chique da minha vida é ter uma amiga jornalisssssssta que trabalha na Globo!
Ai Cintoca que saudade!
Beijo!

thleal disse...

LÚ!
Pode deixar que em prática II eu estou com firme e forte para dar adeus FINALMENTE A GRADUAÇÂO!!!!
Gostei muito do seu Blog>!!!
Beijâo!!

Luciana Matos disse...

Ô meu Deus esse negócio de Blog me dá alegrias imensas na vida! Jorge é a coisa mais rica do mundo! Saudades imensas!
Thiagão amigão, pratíca II, aí vamos nós!
Gente, peguei lá no Cap um tal de Leandro, turma 1C!
E vamo vê se a gente consegue, finalmente, terminar este negócio!
Nos veremos!
beijo!

joão disse...

Que chique hein? "moro ao lado da Universidade"... Burguesa!!hehe
Brincadeiras à parte, me deleitei com o seu Blog Lú. Bjs pra familia.

Luciana Matos disse...

Ai João que bom que vc gostou!
Burguesinha burguesinha burguesinha burguesinhaaaaaa
kkkkkkkkkkkkk
bjo!

Alcides disse...

Aldir Blanc, se cuida que rua dos Artistas é pequena demais pra vc e pra Lú!! Vila Isabel ganha uma nova moradora e nós uma amiga cronista!

Luciana Matos disse...

Valeu Cidão!
Amigo é pra essas coisas! rs!

 
Web Statistics