segunda-feira, 22 de março de 2010

Diga eu te amo pra quem você ama!



Se você for tímido, escreva uma carta, mas não deixe de fazê-lo. Você não é imortal e aqueles que te cercam também não. Considere o fato de que você tem grandes chances de não morrer de velhice.

Você come porcarias, está sujeito ao trânsito diariamente, à violência urbana, à uma bigorna caindo de um prédio, enfim meu querido(a), foi-se o tempo em que havia a quase certeza de que se ia desfrutar de uma velhice tranquila na cadeira de balanço.

Não adie as demonstrações de carinho, os pedidos de desculpas, perdoe assim que a mágoa passar (se passar), dê um abraço, felicite, revele seu amor platônico, o máximo que vai acontecer é uma desilusão amorosa, neste caso faça um poema, é nessas ocasiões que eles ficam ainda mais bonitos!, liga para aquele amigo que você não vê há anos, diga que sente saudades, relembre os velhos tempos, e diga eu te amo a quem você ama.
Bigornas são imprevisíveis.

Fatalista? eu?

2 comentários:

Ruiva disse...

Nós te amamos!!!!!!!!! E com muita alegria! hahahahahah
Eu e Deilza.

Luciana Matos disse...

Eu também amo vocês! ;)

 
Web Statistics