quinta-feira, 8 de abril de 2010

Não vou dar uma de Datena.


Não vou ficar postando sobre a tragédia que se abate sobre o Rio de Janeiro porque acho meio hipócrita ficar aqui com a bundinha seca, jantando e vendo a tragédia no Jornal Nacional e depois ficar Ohhhhhhhh, Ohhhhhhhh, Ohhhhhhhh. Até porque mesmo que a gente queira não vai conseguir mensurar a dor destas pessoas que perderam tudo, ainda que seu tudo fosse quase nada, a dor de quem dormiu com a família e acordou sem.
Todo ano isso se repete, este ano o gráfico do número de mortos vai ficar igual a acento circunflexo, e essa será a única mudança.
Só mudaria alguma coisa se dez mansões na Zona sul fossem engolidas pela terra, e morresse uma meia dúzia de figurões. (o que eu deixo registrado aqui que não desejo que aconteça).
Daqui a uns anos essa será só "A grande chuva de 2010"
Como já dizia o poeta, "o morro não tem vez..."
Obs. Só pra ratificar o post aí embaixo, só quem tem fé mesmo pra continuar acreditando em Deus depois de tanta coisa ruim.

Nenhum comentário:

 
Web Statistics