sábado, 23 de julho de 2011

Amy,



Nem dá pra ficar chocada, era uma morte anunciada. Todos já sabíamos que ela iria cedo, os motivos e até de que maneira seria encontrada.

Fica a tristeza de saber que assistimos a morte lenta de alguém tão talentoso. Ela estava lá, nos palcos, morrendo pra platéias inteiras, pra milhares de pessoas. Morria enquanto a fotografavam caindo pelos cantos de um bar qualquer ou se drogando.

Assistimos a lenta degradação de uma preciosidade de cantora e apenas esperávamos pelo seu fim.

Fica a tristeza de não ter ido a um show, mas pelo menos não a vi morrendo ao vivo, mais uma na platéia.

Fica a curta obra, a diva, o mito.


3 comentários:

Júuh . disse...

Luuuu, saudade! =D

Janaína Bentinho! disse...

Não era xooonada nela..mas tava falando pro amor, ver ela criancinha, ver o talento, ver a fragilidade..eh de deixar qq um triste por ver e não poder fazer nada! ADORO TU TOIN-OIN-OIN!
Bjocas!

Jana do Rafa!

Adriana a Faladeira disse...

Luu, cadê vc? sumiu! Saudade dos seus posts Bjs!!

 
Web Statistics