sexta-feira, 15 de outubro de 2010

Fulana de tal mostra a calcinhazzzzzzzzz

Mostrar a calcinha "sem querer" já está tão usual pras Sub-Subcelebridades que daqui a pouco o que vai dar audiência e o NÃO mostrar a calcinha sem querer.

Mas que coisa triste ver mulheres serem vendidas assim na mídia, como um pedaço de carne no açougue. Pra mim chega a ser constragedor saber que depois de tanta luta por equiparação de condições, por algum tipo de respeito, a coisa degringolou pra esse nível.
De uns tempos pra cá surgiram até algumas profissões novas no mercado:
Capa de revista masculina (e tem algumas que já posaram tanto que daqui a pouco vão pedir aposentadoria por tempo de serviço)
Mostradora de calcinhas em quadras de escola de samba ( a mulher tá lá em cima de um camarote com uma roupa mínima sambando levantando a perna e ohhhhhhhhhh a manchete: "Siclaneide mostra a calcinha na quadra do Salgueiro", que coisa! Noooossa como isso foi acontecer???? Faça-me o favor.
Frequentadora de Praia (só eu rio com manchetes do tipo: "Creuzilene vai à praia" ?).
Fora o combo modelo-atriz-namorada de jogador de futebol, que perdeu um pouco seu prestígio porque tá muito perigoso ser namorada de jogador de futebol hoje em dia.

Aqui no Rio há alguns "jornais", uns lixos em que a primeira página é dedicada às chamadas gatas da hora, mulheres praticamente nuas em poses de fazer inveja à contorcionistas de circo. Eu sinto vergonha alheia.

Marilyn é que sabia mostrar uma calcinha com dignidade! rs

2 comentários:

Páginas Da Minha Vida disse...

kkkkkkkk Meia-hora consegue bater o record de jornal ridiculo, e elas tb kkkkkkkkkk não você,mas tem umas mulheres que mandam fotos para lá, que minha nossa, parecem travecoooos,ai,que vergonha por elas kkkkkkkkkkk

mas o que vc falou é indicutível! as mulheres de hoje não se dão ao valor, de jeito nenhum ( me expressei mal, eu quis dizer, estas).eu até comento aqui em casa, essas mulheres não podem ter familia, um pai, um irmão, uma avó, uma mãe direita...vou estar sendo preconceituosa,mas isso para mim,não é coisa de mulher direita.certeza que não são.

amei seu post! ^^

bjs

Jorge de Freitas disse...

Uma parte da culpa é da mídia que faz de tudo para manter as camadas populares longe dos "espaços públicos" da zona zul, promovendo eventos como garota da lage, e bailes funks (ou seria fuck?) em quadras de escola de samba, onde a rainha da batida é a popozuda. E as mulheres (as ingênuas) acreditam, e viajam na dança da calcinha.
A outra parte da culpa é do "Jônata Márlo" jogador de futebol famoso, que morava na comunidade até trás-antonte e que trocou a "garota da lage" pela loira burra estoçp Lorial París, "porque você merece!"
Fala sério! Ninguém merece! kkkk
Beijos!

 
Web Statistics