sábado, 1 de setembro de 2012

Então,


A vida está mais doce.
Pessoas,

Fiquei um tempo sem passar por aqui, e tive um motivo. Motivo não, um desmotivo, andei desmotivada mode on!
Começou com essa coisa horrorosa de fazer trinta anos. Aliás, se eu pudesse criar uma regra universal para a vida seria: Ninguém faz trinta anos até que todos os seus sonhos de juventude tenham sido realizados!
Tanta coisa que eu deveria ter feito, sabe? Tantos países pra conhecer, um livro pra escrever, um discurso em prol da humanidade, velejar, dirigir, mochilão pela America do Sul, um mestrado (pelo menos), ser uma diva da música, coisas assim, simplesinhas...
Óbvio que essa coisa de ter uma vida extraordinária é para um em milhões de habitantes do planeta. Imagina bilhões de pessoas tendo vidas extraordinárias? Como lidar com todo esse ego? Mas pelo menos algumas coisas queria ter feito antes dos trinta e não fiz, e isso me deixou mal pacas. E é justamente nesses momentos que a gente pára pra analisar a rotina do ônibus de todo dia e isso doí e piora tudo.
Na verdade, acho que eu só não me joguei da Rio-Niterói em 19 de agosto porque fiz duas coisas de extraordinária magnitude que acabaram deixando a minha balança do "Vale a pena Viver?" mais equilibrada: Encontrei um grande amor e fui mãe da criança mais maravilhosa que já existiu sobre a face da terra.  
(Por favor, analisem essas palavras MariadoBairrorescas com 90% menos de drama. Eu não me contenho.) 
Deste modo, não achei justo usar esse amado bloguinho para lamentações, músicas de fossa e frases existenciais. Preferi me recolher e lidar com isso tudo dentro do meu casulo aguardando que no final, quem sabe, tudo isso servisse pra me transformar em  uma linda borboleta colorida. 
Borboleta colorida não virei, mas também não estou de todo sem cor. Digamos que eu seja uma borboleta furta cor. Encontro cores na vida dependendo do ângulo pelo qual a enxergo e tô escolhendo sempre os melhores ângulos a partir de agora.

bjo!



2 comentários:

Sanger/Regnas disse...

Você tinha voltado ao blog e já se foi? rsrsrsrsr

Luciana Matos disse...

Pois é menino, credibilidade zero! rsrs!

 
Web Statistics