segunda-feira, 7 de junho de 2010

Sobre quando a gente descobre que cresceu.



Nostalgia é o sentimento-mor do meu coração.
E hoje, com tantas responsabilidades, tantos compromissos, tantos horários, tantas crianças pra alimentar (hehe) me peguei tentando imaginar quando é que foi que eu cresci. Crescer mesmo, sabe?! Virar adulto!
Engraçado é que isso acontece antes mesmo de a gente se dar conta de que está acontecendo. Acho que há alguns sinais de que a vida boa tá acabando que só conseguimos captar assim, num belo dia da vida adulta em que você para e pensa: -Quando foi que eu cresci?

A gente cresce quando começa a comer para se alimentar, e não para matar a fome.
Quando começa a estudar para "ser alguém na vida" e não pra passar na prova.
Quando não tem mais medo da mãe se fez uma merdinha.
Quando não faz merda porque tem medo da polícia. (ou dos bandidos hehe)
Quando descobre que dinheiro não nasce em árvore.
Quando começa a temer a morte.
Quando descobre que o seu lugar é pequeno demais pra você.
Quando chega a primeira carta com o seu nome do destinatário.
Quando descobre que o: -Se vira! Não é só dar uma viradinha.
Quando os sonhos começam a dar lugar aos planos.

A gente cresce, irremediavelmente.

Nenhum comentário:

 
Web Statistics